terça-feira, 21 de março de 2017

Higiene Bucal dos Bebês: O que você precisa saber

Olá mamães e papais! Tudo bem com vocês?


Os primeiros cuidados com a higiene bucal dos bebês gera muitas dúvidas. Para esclarecer algumas, a Dra Thamires dentista e nossa colunista vai responder algumas perguntas mais frequentes sobre o assunto.

1ª Quando deve ser a primeira consulta com odontopidiatra?

A consulta com o odontopediatra, deve ser realizada antes mesmo da erupção dos primeiros dentes decíduos (dentes de leite). Nela orientamos aos pais e aos responsáveis, toda a higienização bucal do bebê. O quanto antes prevenirmos é melhor! Garantimos uma familiarização da criança com o consultório, o que gera menos trauma no futuro. O que observamos, é quem as crianças já chegam ao consultório sempre com alguma queixa de dor ou algum trauma gerado no passado. Nosso papel é orientar, instrui, prevenir e tratar. Todo o ambiente do consultório é todo modificado para a criança e a nossa linguagem é empregada de acordo com cada faixa etária.

2ª A partir de quando devemos começar e como deve ser realizada a higiene bucal do bebê? 

A higienização bucal deve ser feita logo de início, para estimularmos a criança ao hábito de sempre escovar e higienizar. Quando se é bebe e não possui dentes, a higienização deve ser feita com gaze ou fralda de pano limpa, umedecida em água filtrada, para a retirada dos excessos de leite que ficam acumulados. A partir do aparecimento dos primeiros dentes pode se utilizar uma escova pequena, com a idade adequada para a criança e creme dental com flúor. Existe também no mercado, as dedeiras que podem ser utilizadas para crianças abaixo de 1ano, quando se possuem dentes.

3ª Quando começar a usar o creme dental? Qual a quantidade recomendada? Com ou sem flúor?

Hoje preconizamos uso de creme dental com flúor. Devemos começar a usar, logo com o aparecimento dos primeiros dentes na arcada. Antigamente indicávamos pasta sem flúor, pois se achava que uso delas em crianças de baixa idade poderia causar a fluorose (manchamento dos dentes). Hoje o que os estudos comprovam que a quantidade de creme dental errada e engolida pelas crianças, que causava a fluorose. Para cada faixa etária existe uma quantidade correta.

0 a 3 anos – Metade de um grão de arroz crú;

3 a 7 anos – Um grão de arroz crú (Crianças que não sabem cuspir)

Acima de 7 anos – Um Grão de ervilha (Crianças que já sabem cuspir)

4ª Até o primeiro ano de vida qual deve ser a frequência de escovação?
No mínimo a cada 3 vezes ao dia ou após a cada refeição. Lembrando que nesta idade a criança ainda não possui o paladar pro que é doce. E nós que induzimos o consumo de açúcar. Quanto menos estimularmos oferecendo balas, pirulitos, chicletes e demais doces, melhor será a saúde bucal do seu pequeno.

5ª Como aliviar os incômodos gerados pela erupção dos dentes?

Existem no mercado uma gama de mordedores, de preferencia para aqueles que podem ir a geladeira. Quando a criança morde, sente um alívio pois está gelado e melhora o desconforto. Porém, quando este desconforto causa irritação profunda, perda de apetite e febre, deve-se procurar um odontopediatra para que seja prescrito medicação, tópica para aliviar estes sintomas.

Ficou com alguma dúvida? Pode entrar em contato com a Dra Thamires que ela terá prazer em atendê-lo.

CRO/RJ 42004
Rua Alvarenga Filho, Ed. CDT - 3º Andar - Sala 301
Campos dos Goytacazes/RJ
Tel: 2733-3187

quarta-feira, 15 de março de 2017

Leiturinha: Clube do Livro


Olá mamães e papais! Tudo bem com vocês? Espero que sim.

Nossa pequena Ester foi presenteada com um dos que julgo ser os melhores presentes para uma criança. Livro! Desde que ela estava na barriga leio para ela. Um dos momentos mais gostosos do nosso dia é a leitura.




É verdade que o contato com a leitura desde cedo é crucial para o bom desenvolvimento dos nosso filhos. 

Pesquisas do mundo todo mostram que a criança que lê e tem contato com a literatura desde cedo, principalmente se for com o acompanhamento dos pais, é beneficiada em diversos sentidos: ela aprende melhor, pronuncia melhor as palavras e se comunica melhor de forma geral. "Por meio da leitura, a criança desenvolve a criatividade, a imaginação e adquire cultura, conhecimentos e valores", diz Márcia Tim, professora de literatura do Colégio Augusto Laranja, de São Paulo (SP). Educar para Crescer

Pensando em todos esses benefícios a equipe da Leiturinha elaborou uma forma para que os momentos de aprendizado sejam de muita diversão para toda família. 

Um clube do livro infantil que tem como maior objetivo incentivar desde cedo as crianças desenvolverem o hábito da leitura. Funciona da seguinte forma:

1. Todo mês você recebe um kit especial contendo livros escolhido pela equipe de curadoria da Leiturinha;
2. A seleção do kit é feita com base na etapa de desenvolvimento do pequeno;
3. Para enriquecer ainda mais esses momentos, você tem acesso a milhares de livros e vídeos na Biblioteca Digital.


Em parceria com o blog Agora Somos Pais a Leiturinha está oferecendo 50% do valor da primeira mensalidade, válido para assinaturas dos planos semestrais Uni e Duni. Basta que na hora da sua compra utilize AGORASOMOSPAIS para que seu desconto seja efetivado.

Para conhecer melhor os planos acessem www.leiturinha.com.br e aproveite nosso cupom AGORASOMOSPAIS.

Espero que tenham gostado da dica e aguardo todos no próximo post!

Nos siga nas redes sociais

Facebook: Agora Somos Pais
Instagram: @agorasomospais

segunda-feira, 13 de março de 2017

Métodos para Descobrir o Sexo do bebê

Olá mamães e papais! Tudo bem com vocês?

Hoje quero falar exclusivamente com as gravidinhas ansiosas assim como eu. Quando estamos tentando engravidar a ansiedade pelo positivo é grande. Quando o positivo chega agora é a vez de ficar ansiosa pelo ultrassom, ouvir o coraçãozinho do bebê e vê que está tudo bem nos eixa aliviadas. Sabendo que tudo está prefeito agora surge a ansiedade para saber o sexo. Sei que o importante é vir com saúde, mas o coração ansioso de uma mãe que não vê a hora de saber se vai encher seu bebê de roupinhas rosa ou azul é maior que tudo.

Estou com 21 semanas, ou seja, quase 5 meses e meio e ainda não sei o sexo. Comecei procurar métodos caseiros para tentar descobrir o sexo do baby II antes do exame que ainda vai demorar mais 3 semanas.

Métodos para Descobrir o Sexo do Bebê

1.Como você pisa:

Reza a lenda que mulher grávida quando pisa primeiro com o pé direito, espera um menino, e quando pisa com esquerdo , menina. Durmo do  lado esquerdo da cama e normalmente tenho que pisar com pé esquerdo primeiro. Será mais uma menina?

2. Enjoo Matinal:

Dizem os mais velhos, que os enjoos matinais são mais intensos quando se espera uma menina.
Eu particularmente não tive enjoo nenhum quando estive grávida da minha filha. Já nessa gravidez não conseguia comer nada.

3. Gravidez paterna:

Um estudo feito por Dinamarqueses com aproximadamente 100 futuros papais, constatou que os homens, cujo as esposas esperavam meninas, ganharam alguns bons quilinhos durante a gestação. Na primeira gravidez o marido engordou juntinho, mas dessa tá emagrecendo. rs

4. Doce ou Salgado:

Meninas são mais doces e delicadas, por isso ao esperar uma menina, a gestante vai preferir e ter desejos de alimentos doces. Quando meninos, a preferência será por alimentos salgados ou azedos. Na gravidez de Ester eu comia muito doce. Quase tive diabetes gestacional por causa do doce de leite. Dessa vez eu não tenho preferencia quero mais é comer. rs

5. Altura da barriga:

Essa dica em especial, é mais para as mamães que não conseguiram descobrir o sexo no ultrassom mesmo depois de alguns meses. Só funciona com barrigas de 6 meses ou mais. Ao observar de perfil a super barriga, preste atenção se ela está alta ( com volume meio bola de basquete) ou se ela está mais baixa (estilo pêra). Alta menina , baixa menino. Essa também não serviu na gravidez de Ester. Todos diziam ser um menino e dessa vez nem quero ouvir palpites. rs

6. Teste do garfo ou colher:

Coloque em duas cadeiras, um garfo e uma colher, cubra com uma almofada para não machucar, e peça para mamãe escolher uma cadeira para se sentar. Se ela sem saber o que tem embaixo da almofada escolher a cadeira com o garfo é menino, se escolher colher, menina. Nem lembro se fiz esse da outra vez. Ainda não fiz dessa vez.

7. Mostre a mão:

Quando alguém disser a gestante mostre a mão, se ela mostrar a palma é uma menina , se mostrar as unhas será um menino. Essa não fiz pois já sei o resultado aí não vale. rs

8. Soma:

Consiste simplesmente em somar a idade da mãe com mês da fecundação até que sobre dessa soma um único número. Se par menino, se ímpar menina.

Exemplo:

23 anos da mãe + 3 (concepção mês de março)= 26 =2+6=8 . No caso do nosso exemplo, seria um menino.

Deu menina!

9. Batimentos cardíacos fetais:

Se o batimento cardíaco do bebê é entre 140-160 - é uma menina

Se o batimento cardíaco do bebê é entre 120-140 - é um menino

Descobri um site que tem uma calculadora que informa o sexo do bebê de acordo com seus batimentos cardíacos, vale a brincadeira. Baby BPM. No site deu menino, mas fiz o teste com o resultado do exame de Ester e também deu menino.

10. De que lado do útero está o saco gestacional:

Uma pesquisa que demonstrou 97% de acerto, garante que a placenta visualizada no ultrassom com 6 semanas de gestação, pode revelar o sexo do bebê. Se a placenta estiver do lado direito, é menino , do lado esquerdo, menina.

Mas não vale sair correndo pra olhar no ultrassom. Depende da forma que o médico girou o aparelho. Por isso é preciso que você pergunte ao médico no momento do exame, de que lado está fixado o embrião.

11.Calculadora descubra o sexo do bebê da Baby Center

O site Baby Center , disponibiliza um teste para tentar descobrir qual o sexo do seu bebê. Passe por lá e divirta-se. Calculadora sexo do bebê Baby Center. No meu caso deu menino. Mas na gravidez de Ester fiz o mesmo teste e deu menino. rs 


Ainda tem o teste de urina que pode ser encontrado em farmácias. Podem ser feitos a partir da 10ª semana de gestação.

A tabela chinesa também é um dos métodos caseiros para tentar descobrir o sexo do bebê. Ela é baseada na idade lunar da mãe,  acrescida de mais 1,  no mês da concepção para assim determinar se o bebê é uma menino ou um menino. Tabela Chinesa.

Espero que tenham gostado das dicas e que alguma delas dê certo. Vou ficar esperando o exame jé que os testes caseiros não ajudaram muito.

Aguardo vocês no próximo post!

Nos siga nas redes sociais

Facebook: Agora Somos Pais
Instagram: @agorasomospais