A história do nosso Milagre - Part I



Olá povo lindo!

Para quem nos segue lá no Instagram já sabe um pouco da nossa história. Mas aqui no blog posso contar mais detalhada. Ficou muito grande por isso dividi em duas partes.

Em 2012 eu fiquei grávida na troca do anticoncepcional e não sabia. Tive um aborto espontâneo. No mesmo ano decidimos que era a hora de ter um filho. Fui ao GO e comecei tomar todas as vitaminas necessárias para preparar meu corpo para uma gravidez. No primeiro mês de tentativas conseguimos um positivo. Infelizmente 3 meses depois do positivo tão esperado tive a triste notícia de que tinha perdido nosso amado bebê num aborto espontâneo. Imaginem como ficamos tristes e preocupados pois dessa vez tive que internar para realizar uma curetagem.

Depois que recuperei a saúde ainda tinha cicatrizes em meu coração que ainda hoje posso sentir. Mas nosso sonho não tinha morrido com aquele pequeno anjo que voltou aos braços de Deus.

Em 2013 novamente engravidei. Podem imaginar o tamanho da felicidade e também a enorme preocupação que estávamos sentindo? Um início bem complicado com algumas ameaças de aborto mas nada que medicamentos não fossem capazes de evitar. Mas infelizmente 3 meses depois tivemos outra triste notícia. Outro aborto retido, lá ia eu passar novamente por todo aquele processo doloroso não só físico quanto emocional de outra curetagem.

Pois bem, o ano de 2013 foi embora e  a vontade de ser mãe não sumia mas junto com ela veio também um enorme pavor de passar por mais uma perda. Em meio a lágrimas muitas vezes cheguei a pedir a Deus para tirar o desejo de ser mãe do meu coração.

2014 começou com grandes expectativas. Abrimos nosso próprio negócio, estávamos quase terminando a faculdade e eu sempre tentando ocupar minha mente para não sentir tanto a dor das perdas e a incapacidade de gerar um filho que tanto queríamos.

Agosto do mesmo ano estava com viagem programada para São Paulo. Seria minha primeira viagem sozinha (é tenho essa idade toda e nunca tinha viajado sozinha). Comecei a me sentir mal mas achava ser ansiedade pela viagem. Nem tinha percebido o atraso na bendita monstra. Fui para a emergência onde pediram um BetaHCG no outro dia que a princípio achei que daria negativo (com muito pesar já tinha aceitado o fato de que não seria mãe) Antes de fazer o teste pedi para o marido passar na farmácia e comprar dois testes de gravidez. Um para fazer a noite e outro para fazer pela manhã antes de sair para o exame de sangue. Esses foram os testes de farmácia que fiz.





O primeiro deu positivo. Achei que tinha feito algo errado. Fui dormir tranquila. Acordei cedinho e fui correndo fazer o outro para minha surpresa esse também deu positivo. Mas ainda não acreditei. Fui fazer o exame da sangue. Marido foi pegar o resultado é me ligou falando que estava realmente grávida. Meu coração foi tomado por um infinita gratidão a Deus junto com um enorme medo de que tudo se repetisse.

Lembram da viagem? Eu fui. Meu GO devido aos abortos anteriores logo tratou prescrever todos os medicamentos que deveria tomar para que nada acontecesse. Fui carregadando com praticamente uma farmácia dentro da bolsa para passar uma semana longe de casa, do marido e da minha família que até então nem imaginavam que eu estava grávida.

Só contamos que estávamos esperando nossa benção tão desejada para a família quando eu completei 2 meses de gestação. Para os amigos só contamos através do Facebook quando descobrimos os sexo. Usamos essa imagem



Espero que estejam gostando da nossa história e espero vocês no próximo post!



Nos siga nas redes sociais:

5 comentários:

  1. Sua história é linda Amiga! E gerou uma princesa mais linda ainda!
    Sou louca pela Ester! Minha bonequinha😍
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Sua história é linda Amiga! E gerou uma princesa mais linda ainda!
    Sou louca pela Ester! Minha bonequinha😍
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Historia linda, Ester é linda parabéns!!

    ResponderExcluir