A vida após filhos: Visão do Papai

Olá papais e mamães! Como vocês estão? Bom é assim que minha esposa começa todos as postagens, então resolvi seguir o mesmo padrão. Quer saber, vou seguir do meu jeito.


Fazia tempo que ela estava pedindo um texto para a Coluna do Papai. Mas nunca estava inspirado até ela propor esse tema. A vida após os filhos. Como é uma blogagem coletiva achei interessante expor a visão paterna desse momento tão especial que é a chegada de um filho.


Quando vi aqueles 2 traços no exame de farmácia foi uma junção de medo é felicidade. Medo pelo fato de já termos perdido 3 e felicidade por saber que tivemos outra oportunidade de poder realizar um sonho.

A gestação da minha esposa não foi nada tranquila. Teve várias idas à emergência e muita apreensão.
Quanto Ester nasceu foi mais um turbilhão de sentimos., Feliz porque tinha em meus braços o maior presente de todos e apreensivo devido a responsabilidades a partir daquele momento.

Falo com minha esposa que sempre quis ser pai, pois gostaria muito que meu filho deita-se em meu ombro quando estivesse em meu colo. Desde os primeiros choros até os primeiros passos, cada dia era especial e ainda é, pois a cada descoberta dela e como se fosse a minha também. Sei que ainda tem muita coisa para aprender como pai. Mas estou disposto a tudo para ser o melhor para ela.

Ser pai era meu objetivo independente do que fosse, mais posso dizer q sou extremamente realizado por ser pai de menina. O sorriso e o abraço todos os dias quando chego em casa, me faz sentir o homem mais completo do mundo.

Sei que as responsabilidades são grandes mas, elas passam as a ser leves, pois o amor por um filho supera tudo, até a dor que ela sente eu que queria sentir por ela, até porque essa as lagrimas de um pai rolam nesse momento.

Sempre me falaram que eu só descobria o quão grande é esse amor quando tivesse meu filho e hoje posso dizer que de verdade é um amor inexplicável!

Espero que tenham gostado da minha visão da vida após os filhos. Para conhecer os outros textos com esse tema é só clicar nos links abaixo:

Jaqueline Mãe Apaixonadas

2 comentários:

  1. O Jessé adorei sua visão paterna, vemos poucos pais expondo suas opiniões e desabafos nas redes sociais ainda mais dentro desse tema! E é realmente isso tudo que você expôs! O amor que a gente sente é tão inexplicável!

    ResponderExcluir
  2. Adorei ler uma visão paterna do assunto. Quem sabe meu marido também topa escrever uma coluna do blog. Parabéns pela família linda!

    ResponderExcluir