O que você está ensinando ao seu filho?

Oi gente!!! Tudo bem com vocês?

Hoje eu quero contar uma novidade para vocês. Agora temos uma psicóloga como colunista aqui do Agora Somos Pais. E para começar essa parceria que será duradoura ela vai falar um pouco sobre  educação infantil. O que estamos ensinando aos nossos filhos nessa atual sociedade? A dra. Ananda irá nos responder e mais dará dicas de como fazer isso.


FILHOS

É nítido que os pais querem dar o melhor para os filhos, porém estamos numa época onde precisamos estar fazendo várias coisas e ensinar algumas coisas aos filhos requer um tempo que podemos considerar desnecessário perder.

Posso reparar tanto no consultório quanto no convívio com as pessoas no meu dia a dia, uma certa prostração no quesito ensinar os filhos. Não digo uma prostração intencional, mas a dificuldade de lidar com as diferentes tarefas do dia a dia faz com que cedamos nossa responsabilidade.

Conheço, por exemplo, crianças no inicio da pré-adolescência que não sabem amarrar seus tênis ou que às vezes recebem comida na boca para que possam comer algo novo, mas essas mesmas crianças tem a capacidade de criar coisas incríveis tecnologicamente.

Isso não tem relação com capacidade, habilidade ou inteligência. Isso tem haver com "perder" tempo. Sim, como pais precisamos dedicar nosso tempo em ensinarmos algo novo aos nossos filhos, requer tempo aprender e da sim trabalho ensinar, porém ganhamos muito com isso e nossos filhos também.

“OS FILHOS SÃO DO MUNDO” é uma expressão que provavelmente você já ouviu e também é algo que nos amedronta, mas nossa função como pais é desenvolver indivíduos independentes, para que um dia eles possam ser responsáveis por si. Podemos achar que nosso filho nunca irá precisar andar de ônibus ou fazer sua própria comida, mas também não estaremos por perto para sempre. Ensinar os filhos é importante para eles poderem aprender a confiar em si mesmos, formarem suas opiniões, aprender sobre suas capacidades e limites.

Com a correria dos tempos atuais procuramos agilizar nosso dia a dia e com isso costumamos fazer pelo outro. Mas e quando você não estiver mais por perto? Quem irá protegê-lo e minimizar suas dificuldades? Chegará um momento onde você não conseguirá mais desempenhar esse papel e será exigido dele a responsabilidade pela sua existência. Ensiná-los a lidar com as questões que aparecem no decorrer da vida o tornará mais capaz, confiante e responsável.

E aí? Você está criando o seu filho para ser tutor de sua própria existência?

5 possibilidades para dar mais responsabilidade aos seus filhos:

Deixe escolher

No nosso dia a dia nos deparamos com diversas possibilidades, seja na hora de escolher uma roupa ou qual filme prefere, deixar nossos filhos escolherem ajuda a desenvolver a formação de opinião.


Vá para a cozinha

FILHOS


A alimentação para algumas crianças pode ser um problema, porém levar a criança para a cozinha pode mudar a experiência que ela tem com a comida. É muito mais prazeroso provar aquilo que fizemos e essa experiência em família é muito mais divertida.


Dê alguma tarefa

FILHOS


Todos podem ser responsáveis pelo bom funcionamento da casa, dar algumas tarefas desde pequeno ajuda na compreensão de que nosso lar também é nossa responsabilidade. Caso seu filho seja muito pequeno, ele pode ser responsável, por exemplo, por guardar seus próprios brinquedos. Arrumar a mochila para a escola, ajudar a por a mesa, recolher objetos espalhados ou separar a roupa suja, são alguns outros exemplos, analise a capacidade do seu filho e peça ajuda.

Dormir fora


FILHOS


Pode ser na casa de um amiguinho ou até mesmo dos avós, assim a criança pode se deparar com outra rotina, já que as regras vão ser diferentes e poderão colocar em prática as orientações de educação que lhe foram dadas.

Comprar sorvete sozinho


FILHOS


Comprar sorvete é apenas uma possibilidade, quando damos a oportunidade de fazerem as coisas sozinhos, permitimos que se arrisquem, enfrentem seus próprios questões e aprendam com seus erros. Assim eles podem aprender a ter mais autonomia e independência. Na primeira vez, leve-o com você, mostre como você faz para comprar o sorvete e veja se ela compreendeu, na próxima permita que ela compre seu próprio lanche. Veja como ela se sentiu.



FILHOS
Psicóloga Ananda Gomes
CRP 05/46618
Psicóloga Clínica, Orientadora de Pais e Palestrante
Contato: (22) 99896-4666
anandagomes.psico@gmail.com
Instagram: @psico.anandagomes

Espero que esse texto nos faça refletir e ajude em nossa caminhada com nossos filhos.

Aguardo todos no próximo post!


FILHOS
Nos siga também nas redes sociais:
Facebook: Agora Somos Pais
Instagram: @agorasomospais

1 comentários:

  1. Super válida essa reflexão! Penso muito nessas coisas aqui em casa e tento praticar essas dicas também!

    ResponderExcluir